sábado, 18 de novembro de 2023

Comunidade Kalunga Engenho Ii

Table of Contents [Show]

    A Comunidade Kalunga Engenho II é um povoado quilombola localizado no município de Cavalcante, no estado de Goiás. É um dos 62 povoados que compõem o Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, que abriga mais de quatro mil pessoas.

    A comunidade foi fundada no século XVII, por escravos fugidos das fazendas de café da região. Os Kalunga se refugiaram no Cerrado, onde desenvolveram uma cultura e uma economia próprias.

    A comunidade é formada por cerca de 500 pessoas, que vivem da agricultura, da pesca e do turismo. Os Kalunga são conhecidos por sua produção de farinha de mandioca, de artesanato e de cachaça.

    A comunidade é um importante destino turístico, pois oferece aos visitantes a oportunidade de conhecer uma cultura tradicional e uma natureza preservada.

    Onde fica a Comunidade Kalunga Engenho II?

    A Comunidade Kalunga Engenho II fica localizada no município de Cavalcante, no estado de Goiás. O povoado fica a cerca de 27 km da cidade de Cavalcante, com acesso por uma estrada de terra.

    Quantas pessoas vivem na Comunidade Kalunga Engenho II?

    A Comunidade Kalunga Engenho II é formada por cerca de 500 pessoas.

    Qual é a principal atividade econômica da comunidade?

    A principal atividade econômica da comunidade é a agricultura, seguida da pesca e do turismo.

    Quais são os principais produtos da comunidade?

    Os principais produtos da comunidade são a farinha de mandioca, o artesanato e a cachaça.

    Como é a cultura da comunidade?

    A cultura da comunidade é marcada por uma forte relação com a natureza e com o Cerrado. Os Kalunga preservam seus costumes e tradições, que são passadas de geração em geração.

    Como visitar a comunidade?

    A comunidade oferece visitas guiadas, que podem ser agendadas com antecedência. As visitas são uma ótima oportunidade para conhecer a cultura e a história dos Kalunga.

    Assistir Comunidade Kalunga Engenho Ii em vídeo

    See Also

    0 comentários:

    Postar um comentário